quarta-feira, julho 01, 2009

De Thunderbird a Bobcat

Interessante como delimitamos fases da vida por acontecimentos sutis.. É inteligente fazê-lo, também. Muitas vezes, criamos personagens, cantamos músicas.. Uma busca incessante de segurança e bem estar.

O que hoje surje como sensato, antes era totalmente desconhecido. Quando Thunderbird ainda existia, havia medo.. Sem precedentes. Quem era ele afinal? Lampejos de uma felicidade fragmentada, subjetiva e sem significado.. Dias e dias de oscilações e retorno ao zero.

Entre amargas lições, Bobcat surgiu.. E como em toda transformação da natureza, certas coisas dão lugar a outras coisas. Repetidas evidências de que o menos sempre é mais. Amadurecer não significa encher-se de rugas e sim saber evitá-las!

Já fui cúmplice da mesquinhez e da hipocrisia de orar no desespero e espraguejar como um garoto mimado. Ora, Constantine um dia avisou que Deus é apenas uma criança com uma fazenda de formigas. Não existe blasfêmia nisso.. Ser consciente dessa verdade é ter compreendido a mensagem.

Por que desastres acontecem na sequencia de algum outro amplamente divulgado? Inconsciente coletivo! Por que mais e mais pessoas vivenciam experiências semelhantes de monotonia, carência, tristeza e rotina? Inconsciente coletivo.. Vivemos num mundo de clones, é o caminho mais fácil.

Lidamos com energias.. Alma é energia conservada e disponível! Endeusamos conceitos, adoramos o milagre visível. Choramos a morte de personalidades fúteis (e inúteis também). Vejo pessoas idolatrando lixo, incinerando virtudes em troca de muito pouco.

Sentado naquela sala vazia, fechei a última caixa antes da mudança.. Um último adeus ao horror do exílio de mim mesmo. Aprendi a ser Bobcat, chegar à última temporada do seriado com um ótimo astral. Quem sabe assim os bons projetos e novas oportunidades façam-se presentes..

5 comentários:

Luna Sanchez disse...

Mudança, renovação de conceitos, atualização de idéias...o que seria da vida, sem essas possibilidades?

Nomear personalidades parece uma excelente sacada, Manoo. Talvez eu esteja precisando. Rs

Um beijo.

Poesia do Bem disse...

olá vim pasear em seu blog e dizer que tenho selinho pra vc pegue depois, bjs

Teresa Azambuya disse...

Preciso descobrir quem é Bobcat antes de mais nada.
Depois comento!

♫Pri disse...

"...Vejo pessoas idolatrando lixo, incinerando virtudes em troca de muito pouco..."


Trecho que mais me chamou a atenção.
Uma mudança é necessária. Uma não, várias!

ótimo texto

Tetê disse...

Manoo,

Sem energia não vamos a lugar algum...

________________bom domingo!