segunda-feira, novembro 10, 2008

Toda forma de saber (e conhecer)!


Livro.. Texto.. Palavra
Mal traçada. Vem a cura!

Pelas folhas que fiz, o chá..
Fervura de ajuda. Mistério acolá!

No caminho, talvez Iemanjá,
Talvez algum outro santo ou Igreja.

Veja! Ondas de puro saber..
De certo científico, ou de Hitler, o poder.

Cego tirano, esse caminho! Qual livro?!
Há tantos.. Espaço de escritores, uns amores!

Autografaram seus nomes ao rodapé.
Até de anatomia tem livro.. De medicina.

Aquele que ensina, leva seu rebanho a passear.
Conhecer o lugar de onde explodem letras, idiomas.

Genoma, genética, biologia ou poética.
Nasceu de alegria, um conto de fadas, levadas!

Pelas mal traçadas palavras de um texto do meu livro.. (Manooster)

Minha breve homenagem à Feira do Livro de Porto Alegre...

Um comentário:

Teresa disse...

Li e amei! Obrigada pela companhia de sempre... Bjão