segunda-feira, outubro 06, 2008

Sobre amor e fidelidade.

Um deixou-se enganar pelas aparências e, acreditando em Einstein, julgou ser capaz de antever tudo através da curvatura do tempo... A outra, distraída, pisou num buraco-negro e nunca mais foi vista.
Rápidas definições, é isso o que importa hoje em dia! Fingir que não é mais necessário aprender sobre sentimentos, nem ao menos retribuir um sorriso espontaneamente.. O seu "Avatar" faz isso por você!
Na verdade, o que sobra é a solidão.. E um sentimento infinito de que a tal metade da laranja está em algum lugar. Só não te disseram em que galáxia!
Eu fico por aqui, sentado nesta lua, analisando as banalidades da vida no meu camarote celestial.. Have a good dreams!

Um comentário:

Marcos disse...

saber que necessitamos encontrar a metade da laranja, temos certeza... Complicado é descobrir-se metade da laranja quando acredita-se ser limão... e muito azedo por sinal... aprender dos sentimentos, tarefa árdua para algumas pessoas, principalmente aquelas que aparentam padecer de TOC... muito legal o teu blog.

abraco