sexta-feira, outubro 02, 2009

Existencialismo barato...

Algumas coisas nunca fizeram tanto sentido.. Outras, permanecem intactas.. Viver é um jogo complicado, estar atento a tudo e todos. Do sofá de casa, onde vesti meus sapatos, até esta mesa, onde a porta virtual deste mundo fica sempre aberta, há um trajeto bem conhecido. Mas nunca tem o mesmo formato, diferentes percepções me sorriem, como uma ruga a mais e um desejo a menos em frente ao espelho..

Expliquei a Deus como tantas coisas são melhores hoje, e agradeci por isso. Mas ainda me dói incomodá-lo com meus argumentos infinitos, me sinto um chato incorrigível. Sei que ele não se importa, só me pede cuidado e paciência, juro que estou fazendo o melhor! Preciso descolar urgente meu traseiro desta cadeira! Respirar um ar diferente (mais limpo).. Prender a respiração sem motivo é um apelo à burrice, e um aval à convenção dos tolos..

Um comentário:

Daniel disse...

profundo isso...deu arrepios...